Reinventando a produção de tênis: a história da VERT - VEJA

VEJA x VERT

Um projeto, um propósito, lugares diferentes.

VEJA (@veja) e VERT (@vert_shoes) fazem parte da mesma organização.

Ambas possuem design parisiense, produção e matérias primas brasileiras.

Exposição de diversos modelos de tênis VERT/VEJA

O Projeto

Em 2004, os amigos franceses Sébastien Kopp e François-Ghislain vieram ao Brasil com a ideia de reinventar o processo produtivo de um produto icônico para sua geração, o tênis. O projeto visava fazer diferente cada etapa desse processo de produção até o produto final. Não somente criar um produto de moda, mas que também despertasse a vontade do público em conhecer o projeto além da estética. Veja como são feitos. Veja por quem. Veja em que condições e onde. Assim surgiu a VEJA, com distribuição nas melhores lojas da Europa. 

No Brasil, a distribuição iniciou em 2013. Porém, por um conjunto de fatores, não foi possível o uso do nome VEJA no mercado nacional. A solução encontrada foi o nome VERT, que significa “verde” em francês. 

VERT e VEJA compartilham as mesmas estruturas. Desde a matéria-prima, passando pelas cadeias produtivas, equipes, escritórios e fábricas. A única diferença é o nome.

As equipes VERT e VEJA trabalham juntas em todo desenvolvimento dos produtos. Usando algodão agroecológico do Nordeste do Brasil e do Peru, borracha da Amazônia e couro do Rio Grande do Sul e do Uruguai. Além disso, participam juntos do desenvolvimento de novos materiais e novas tecnologias em um processo de melhoria contínua e com visão global de negócio.

Nossos tênis são produzidos em fábricas de alto padrão no Brasil. Parte da logística internacional é gerenciada pela Log'ins, empresa de inclusão profissional e social.

Cultivo de algodão orgânico para matéria prima da VERT/VEJA

Algodão

O algodão orgânico que usamos na VEJA é cultivado por associações de agricultores no Brasil e no Peru.

Essa materia prima é colhida com respeito às pessoas e ao meio ambiente.

Borracha

Uma das principais matérias-primas da VEJA é a borracha amazônica.

Mais de 1.902 toneladas de borracha foram compradas de 2007 até o final de 2021.

VEJA paga 4 vezes o preço de mercado na compra dessa matéria prima.

Produção da borracha amazônica nas seringueiras

Veja as últimas notícias sobre o Projeto VERT

projeto vert/veja coleta da borracha na amazônia

Borracha Amazônica

A VERT trabalha com mais de 1.200 famílias de seringueiros que colhem borracha da Amazonia de forma a preservar todo o sistema social e ambiental.

Um dos maiores desafios do VERT é continuar este trabalho, gerando renda para aqueles que vivem na floresta e mantendo a Amazônia viva.

V-10 CWL VERT/VEJA

A alternativa da VERT para o couro

Muitas marcas falam sobre tendências veganas e ecológicas para substituir o couro. 

No entanto, muitas marcas utilizam o plástico para substituí-lo, nomeando-o: "couro de uva, couro de maçã etc..."

Esses materiais são feitos quase inteiramente de plástico, que é 99% feito de petróleo. 

Colheita de algodão orgânico

Algodão agroecológico da VERT

Desde 2004, trabalhamos com produtores de algodão orgânico, comprando diretamente deles.

Nós conhecemos as pessoas que colhem, e nós sabemos de onde isso vem.

Talvez sejamos uma das únicas marcas no mundo que fazem esse trabalho.